Após 17 anos, Lei que pune LGBTfobia finalmente é regulamentada no DF

0
70
Em meio a críticas foi aprovada a lei anti-homofobia
O governador do Distrito Federal aprovou a lei em meio a críticas da bancada evangélica da Câmara de apoio ao Governo

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, apresenta nesta sexta-feira (23) a regulamentação da lei que proíbe qualquer tipo de discriminação por conta da orientação sexual ou identidade de gênero.

A lei 2.615 de 2000 tem o próprio governador como um dos quatro autores e traz previsão de multas em casos de LGBTfobia. Regulamentação vem dois dias antes da realização da 20ª Parada do Orgulho LGBT de Brasília, que acontece no domingo, 25.

Às 15h, o governador deve assinar o decreto de regulamentação. Ele atende a um pedido do Ministério Público, que tinha entrado na Justiça para cobrar o cumprimento da lei – seja na esfera privada quanto em órgãos do governo.

A lei chegou a ser regulamentada em 2013 pelo então governador Agnelo Queiroz por meio de um decreto. No entanto, após pressão da bancada evangélica, ele foi revogado no dia seguinte à publicação. Entre as regras, há previsão de sanções administrativas, como impossibilidade de ter contratos com o GDF, e multa de até R$ 10 mil.

Fonte: Gay1

Responda